. .

Novembro Azul: mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de próstata

Proteção e prevenção são os caminhos para um futuro feliz. Sabendo disso, o GBOEX abraça a causa do Novembro Azul e relembra a importância do diagnóstico precoce no combate ao câncer de próstata. Além de reforçar a importância de promover hábitos e práticas saudáveis, junto aos seus colaboradores, associados e parceiros.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os gêneros, é o segundo tipo mais comum.

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite). Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Por isso, é importante a realização do exame preventivo, anualmente, para detecção precoce do câncer, sendo essa uma estratégia utilizada para encontrar um tumor numa fase inicial e, assim, possibilitar maior chance de tratamento bem sucedido. Ou seja, Quanto antes o câncer for diagnosticado, maiores as chances de cura!

A detecção precoce pode ser feita por meio da investigação com exames clínicos, laboratoriais, endoscópios ou radiológicos, de pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou de pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença:

– A idade é um fator de risco importante, uma vez que tanto a incidência quanto a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos;
– Pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos, podendo refletir tanto fatores genéticos (hereditários) quanto hábitos alimentares ou estilo de vida de risco de algumas famílias;
– Excesso de gordura corporal aumenta o risco de câncer de próstata avançado;
– Exposições a aminas aromáticas (comuns nas indústrias química, mecânica e de transformação de alumínio) arsênio (usado como conservante de madeira e como agrotóxico), produtos de petróleo, motor de escape de veículo, hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), fuligem e dioxinas estão associadas ao câncer de próstata.
(Fonte: INCA – Instituto Nacional de Câncer)

Visite seu médico regularmente e não se esqueça: prevenir é proteger a sua vida!

A Rede de Convênios GBOEX possui credenciados na área de saúde. Aproveite os benefícios disponíveis: associados GBOEX podem usufruir de serviços e produtos conveniados, que proporcionam inúmeros descontos. Saiba mais informações clicando aqui.

Mantenha sua saúde em dia. Com prevenção, sua saúde fica bem.